20 janeiro 2017

Biomassa de Banana Verde

Você já deve ter ouvido falar sobre a biomassa de banana verde, mas sabe o que é? 
Como fazer e por que devemos consumir? Hoje vamos falar sobre essa descoberta incrível na Nutrição e o quanto a biomassa é importante para nossa saúde!

A banana além de ser um alimento barato também é muito nutritiva. Representa fonte energética devido à presença de carboidratos, além de ser fonte de vitaminas e minerais (potássio, manganês, iodo, zinco, vitaminas do complexo B e vitamina C). 

O que muitos não sabem é que a qualidade nutricional da banana é superior quando ela ainda está verde, comparada à banana madura!

Como usar a banana verde?

Uma das formas de consumir a banana verde é fazer a biomassa de banana verde!

 A polpa da banana verde permite a elaboração de alimentos, como pães, massas, maionese e patês. Sua aplicação nos alimentos não altera o sabor, além disso, melhora a qualidade nutricional destes alimentos devido ao conteúdo de fibras, vitaminas e minerais.

Quais os benefícios da biomassa de banana verde?

A biomassa contém fibras solúveis e insolúveis, amido resistente, um carboidrato complexo que não é digerido pelo nosso corpo e funciona como prebiótico, serve de alimento para as bactérias que colonizam nosso intestino, ou seja, as bactérias benéficas. Dessa forma, as bactérias boas podem proteger nosso intestino das bactérias maléficas e danosas à saúde.

As fibras são importantes para aumentar o bolo fecal, reduzir o tempo de trânsito intestinal, melhorando o funcionamento do intestino e, consequentemente, evitando constipação e prevenindo câncer do intestino.

Além disso, a biomassa de banana verde possui baixo índice glicêmico, contribuindo para a produção de refeições mais saudáveis, sendo útil para pessoas que possuem diabetes e também para quem deseja evitar esse mal, e ainda para pessoas que desejam perder peso, pois possui grande quantidade de fibras que aumentam a saciedade e reduzem a absorção de glicose e colesterol.

Em quais receitas pode utilizar a biomassa?

A biomassa de banana verde pode ser utilizada em várias receitas: pães, maionese, patê, requeijão, brigadeiro, etc.

Separamos 3 receitas contendo a biomassa de banana verde. 

  • Requeijão cremoso de biomassa

Ingredientes:
1 xícara de biomassa de banana verde
Suco de ½ limão
Sal a gosto
2 colheres de sopa de azeite de oliva
½ colher de chá de açafrão

Botando a mão na massa:
Bata no liquidificador e refrigere. Você também pode adicionar temperos naturais para incrementar o sabor!

  • Maionese caseira de biomassa

Ingredientes:

1 xícara de chá de biomassa de banana verde
½ xícara de chá de água quente
3 colheres de sopa de azeite de oliva
Suco de ½ limão
Uma pitada de sal
Temperos verdes como salsinha, cebolinha, orégano, tomilho, manjericão… (Escolha o seu)

Botando a mão na massa:
Mais fácil que essa impossível. Bata tudo no liquidificador, acerte o sal e pronto! Fácil, não é? Caso queira mais cremosa adicione mais água quente.

  • Brigadeiro branco

Ingredientes:
1 copo médio de leite de coco caseiro
1 colher de sopa de mel
½ xícara de chá de biomassa de banana verde
1 colher de sopa de farinha de amêndoas

Botando a mão na massa:

Em uma panela misture todos os ingredientes e leve ao fogo médio até a massa desgrudar do fundo da panela. Deixe esfriar e leve ao congelador por aproximadamente 3h. Retire do congelador, faça bolinhas e passe no coco fresco ralado.

Fonte: Vida Funcional

27 novembro 2016

Atum na Pressão


Atum

cebola
alho
louro
sal
pimenta do reino

azeite
óleo
vinagre branco



Corte o atum em pedaços quadrados e tempere com um pouco de sal, reserve.
Fatie em rodelas a cebola e em lascas grossas o alho, faça com eles uma cama na
panela de pressão, louro, acomode o atum e regue com os líquidos, todos na
mesma medida em ml.Se for 100 todos serão 100...conforme a quantidade de atum,
se for 600, todos serão 600. Deixe na panela marinando por uns 15 minutinhos.

Leve ao fogo e cozinhe por volta de uns 15 a 20 minutos depois que pegar a pressão e

 pronto !






17 novembro 2016

Mingau de Aveia Salgado

Hoje, estava com preguiça de fazer comida e meia enjoada também...ai pensei que mingau seria bom, mas não mingau doce, mingau salgado...será? Quem mais além do Google para me dar a resposta perfeita?

Esse mingau também é perfeito. Tão bom que nem deu tempo de fotografar. Refoguei uns buquezinhos de brócolis que tinha cozido na geladeira só com 1 dente de alho picado e azeite, tiquinho de sal e misturei em metade do mingau. De-li-cio-so.

A outra metade comi como sobremesa,juntei 1 banana nanica em rodelas e mel. Dos deuses !!!


                                                      Mingau de Aveia Salgado...aqui !

 


Olha essa sugestão de acompanhamento de um outro site:



Esse vermelhinho é o queridinho do momento o goji berry .

22 setembro 2016

Bolo de banana e aveia


Vou chamar de Bolo da Bbzinha porque fiz algumas alterações na receita original.
Desde a primeira vez, que foi no dia do seu aniversário de um aninho, a Joana amou !

Bolo da Bbzinha

no liquidificador:

4 bananas nanicas bem madurinhas
3 ovos
1/2 xícara de óleo (costumo usar o de milho)
1 xícara de uva passa ( se usar 1/2 preta e 1/2 branca fica melhor ainda)
1/2 maça sem casca

Bater bem .

na tigela:

2 xícaras de aveia flocos finos
1 colher de sopa de fermento em pó
canela a gosto

Despejar a mistura liquida na tigela e agregar bem os ingredientes.

Normalmente asso em forma de cupcake de silicone.
Não precisa untar.
Por volta de 20 minutinhos em forno 200° (médio para baixo)

Nesse dia alem da versão cupcake , fiz também na versão declaração de amor !

20 agosto 2016

Bolo de Banana & Cenoura



Bater no Liquidificador:

1 Banana bem madura (ou 2 pequenas)
1 Cenoura
3 ovos
½ xic de chá de óleo (usei o de milho)
1 xic de chá de açúcar demerara
1  colher de sopa  de vinagre de maçã (pode ser o branco)
1 ½ colher de sopa de linhaça
1 pitada de sal

Em uma tigela misturar os ingredientes  secos:

1 xic de chá de farinha de trigo
¾ xic de chá de farinha de trigo integral (usei da marca Mirella)
¼ de xic de chá farelo de aveia
1 colher de sopa de fermento em pó

Agreguei  a mistura do liquidificador aos secos delicadamente.

Untei a forma de buraco no meio com óleo e polvilhei com aveia e açúcar fartamente.
Com a sobra fiz uma farofinha  acrescentando um pouco de óleo de coco e pulverizei o  bolo.
Forno por volta de 30 a 35 min ... depois de esfriar um pouco nhacccc...haha !




20 fevereiro 2016

Nirá com ovos e arroz

Ingredientes:

1 maço de Nirá
Azeite ou óleo o quanto baste
1 a 2 dentes de alho espremidos
Sal a gosto
2 a 3 ovos
Arroz pronto

Preparo:

Lavar o nirá e cortar em pedaços pequenos.
Numa frigideira colocar o óleo e o alho,deixar o alho dourar ligeiramente e acrescentar o nirá, mexer bem, acrescentar sal.
Quando o nirá estiver macio, levantar a frigideira do fogo e acrescentar os ovos. Misturar os ovos com o nirá refogado e corrigir o sal.
Se quiser misture ao arroz já cozido, como na culinária japonesa, ou sirva à parte. 

  

Nirá (Allium tuberosum) é da família da cebola, do alho, da cebolinha e do alho poró, e tem como origem o sudeste asiático. Seu cultivo é culinário, mas também como medicamento antiviral e antimicrobiano. No Brasil é comumente usado em decoração de pratos salgados e é chamado pelo mesmo nome que no Japão.


Fonte: entrepratosecopos.xpg.uol.com.br/receitas/trivial 

31 agosto 2015

Bolo de Coco

Bolo de Coco da Marcia


3 ovos
1 xic chá de açucar
1/2 xic de oleo
1 garrafinha de leite de coco (200ml)
1 xic de coco fresco ou  de pacotinho hidratado
2 xics de farinha de trigo
2 colhs sopa de amido de milho
1 colher de sopa de fermento em pó
raspas de limão


Gosto de bater na batedeira, começo batendo os ovos inteiros, bato bem e depois vou acrescentando, um a um, os outros ingredientes.

Unto a forma com manteiga e depois  farinha de trigo, farinha de aveia e açucar cristal.
A sobra dessa misturinha jogo em cima da massa antes de levar ao forno.
Assa por volta de 25min.




18 junho 2015

Bolo de Milho

Esse bolo de milho fica divino.


Ingredientes :

3 ovos
1 lata leite condensado
100gr de coco
1 lata de milho verde
2 csp de manteiga amolecida
1 csp de fermento

Bate no liquidificador e leve ao forno por 40 minutos


(Foto elizabeth obara)

Fonte: Grupo Viva sem gluten

30 abril 2015

Dicas de Organização

Adorei ... olha só quanta ideia bacana  !!!


Ganchos e cachepôs de baldinhos perto do espelho criam 
uma organização vertical de maquiagem e acessórios de beleza


Aquelas sapateiras de feiras, baratíssimas, podem  servir para 
organizar com muita bossa, vários ambientes






Use ganchos de cortina de box para pendurar as bolsas no armário


Garrafas PET cortadas são perfeitas para organizar as sapatilhas.



 Os canos das botas ficam alinhados se você usar
 cabides de calças para pendurá-las.


Mais um jeito de guardar sapatilhas: cabides e pregadores 
criam uma sapateira suspensa.



E se você tem muitos chinelos, acomodá-los em uma cesta poupa espaço




Um cabide e algumas argolas de cortina de box criam a forma perfeita 
de não só organizar seus lenços, mas também de mantê-los sempre à vista.


Ganchinhos pendurados servem para armazenar e deixar 
seus cintos visíveis e à mão.



Tubos de PVC de diferentes larguras fixados dentro da porta do gabinete do banheiro 
acomodam seus apetrechos e resolvem o problema dos fios.


Use porta-talheres para organizar maquiagem e bijuterias.



Ganchos para pendurar xícaras e apoios para pratos
 multiplicam o espaço do armário de cozinha



Mais um uso para latas velhas, arrumar os objetos em cozinhas 
com pouco espaço de bancada.



Também dá para criar espaço vertical de organização usando um painel perfurado, 
como aqueles expositores de lojas, com ganchos e baldinhos.



 Latas encapadas e fixadas à parede mantêm canetas, lápis e acessórios separados e à mão

Extensões com réguas e aquela montoeira de fios podem ser ordenados (e ocultados)
 por uma caixa de sapatos encapada e furada nos lugares certos.


23 abril 2015

Petisco de Azeitona e Cebolinha

Sempre que vejo naqueles potes lindos vendendo a granel em um certo supermercado de gente
feliz ,minha boca enchia de água até que, certa vez, comprei e logo pensei, e boca sabida !!!
Me arrisquei a fazer e ganhei likes de boquinhas felizes também.

Faço meio que a olho mas encontrei aqui, fotos lindas e a receita bem explicadinha.

Uso orégano no lugar de ervas finas, gosto de um pouco de pimenta calabresa ou no lugar dos tomatinhos usar pimenta de biquinho (então, suspende-se a calabresa) .

Também gosto de temperar com azeite extra virgem e vinagre de maçã, portanto aproveite para temperar a conserva soltando sua criatividade, afinal, imagine só que o tão amado petit gâteau nasceu de um erro !!!



30 março 2015

Muffin de banana e chia



A chia e a banana são as rainhas desse receita sem dúvida nenhuma !!!


Ingredientes:
1 ovo e uma clara
2 bananas nanica (quanto mais maduras, melhor)
½ copo de iogurte desnatado  (Substitui por 1/2 copo de água com 1 colher de leite em pó e gotas de limão)
1/2 xícara de farelo de aveia integral
1/2 xícara de farinha banana verde (ou farinha de beringela)  (completei uma xícara de farinha com as seguinte mistura: farinha de arroz, aveia, farinha de coco e  uma boa pitada de cmc)
1/2 colher sopa de adoçante Tal e Qual (usei açúcar mascavo 1 colher de sopa rasa)
1 colher (café) baunilha
1 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
Sementes de chia a gosto

Modo de preparo:
Bata os ovos com garfo ou, se preferir, use a batedeira. (usei a batedeira)
Em uma tigela, amasse as bananas (coloquei gotas de limão por cima das banana amassadas) e o iogurte desnatado.
Junte a baunilha, o sal, a farinha de banana verde e o farelo de aveia integral  e mexa bem.
Acrescente os ovos batidos e o fermento.
(Coloquei as farinhas em um recipiente com todos os outros secos, inclusive a banana amassada, fui agregando os ingredientes manualmente, e por fim acrescentei os ovos batidos . Untei uma forma de pão inglês pequena, com manteiga, açúcar cristal e farinha de arroz , despejei a massa e por cima, cobri completamente com chia)
Transfira a massa para as formas antiaderentes  e coloque as sementes de chia por cima.

Assar em forno médio por aproximadamente 20 minutos.

(Assou em mais ou menos 30min )

Receita,  fácil de fazer e rende até sete porções, com apenas 74 calorias cada.

Fonte:luciliadiniz.com

24 março 2015

Bolo de Chocolate com Biomassa de Banana Verde

Meu Bolo de Chocolate com Biomassa de Banana Verde, sem glúten, ficou muitoooo bom !!!





Fiz assim, na batedeira coloquei as claras e bati até alcançar o ponto de clara em neve fofa, adicionei então as gemas deixei batendo um pouco e fui acrescentando os outros ingredientes nessa ordem e sem desligar a batedeira : óleo, açúcar, leite, cacau, pitadinha de sal

Tudo bem misturadinho, desliguei a batedeira e acrescentei : farinhas, biomassa e misturei manualmente; por fim,  damasco e  fermento em pó.

Untei a forma de bolo inglês com manteiga, açúcar e cacau. No meu forno levou 1/2h   para assar.

Tome nota dos ingredientes e suas medidas:

3 ovos
1/2 xic de oléo (usei o de milho)
1 xic de açúcar (usei o cristal)
1 xic de leite (usei em pó)
3 colhs sopa de cacau em pó

1 xic farinha de arroz
1 xic de biomassa de banana verde
1/2 xic de farinha de coco
2 colhs de sopa de fécula de batata
1 colher de sopa de fermento em pó
Damasco picadinho

Voiláaaaaaaaa !!!


Imagino que caiba na receita ainda algumas outras  possibilidades:
  • usar leite de cocô ou  óleo de coco. 
  • as farinhas também permitem algumas variações a gosto.
  • no lugar do damasco, gotas de chocolate e por ai vai .





25 fevereiro 2015

O que aconteceu com meu bolo ?!!

Várias dicas para você entender o que aconteceu de errado quando o bolo não sai do jeitinho que queríamos.





 Seu bolo “solou”; “batumou”:

– Colocou fermento vencido/inativo ou em pouca quantidade
– Líquido em excesso
– Ovos em falta
– Quantidade insuficiente de açúcar
– Pouca massa para uma fôrma grande
– Bateu demais após incluir a farinha de trigo
– Colocou farinha de trigo demais

Seu bolo afundou no meio:

– Insuficiência de qualquer dos ingredientes secos
– Excesso de líquido
– Temperatura do forno alta demais
– A massa escureceu por excesso de açúcar ou de fermento
– A mistura era leve e colocada em fôrma grande e funda
– Abriu a porta do forno  antes do tempo mínimo de cozimento

Seu bolo ficou com o meio mais crescido e a superfície achatada:

– Colocou a fôrma em grade muito alta.
– Temperatura excessiva, formando rapidamente crosta sobre a massa.

Seu bolo ficou compacto e pesado:

– Excesso de gordura.

O Pão-de-ló ficou com superfície irregular/rachada:

– Excesso de fermento
– Forno quente demais
– Fôrma pequena
– Massa assada em excesso

Dicas de Mãe:

- Sempre teste o fermento antes de colocá-lo na massa ( mesmo na validade, ele pode estar inativo). 
- Coloque uma colherinha (de café) de fermento em uma xícara de água. Se “ferver” o fermento está bom.
- Não abra o forno antes de passado 25 minutos.

- Para que um bolo de camadas fique com a parte de cima lisa e retinha (nivelada), inverta um bolo sobre o outro. 
   A parte de baixo, em contato com a fôrma é sempre nivelada.

09 fevereiro 2015

Sobre a Irritação


A sua irritação não solucionará problema algum...

As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas...

Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar.

O seu mau humor não modifica a vida...

A sua dor não impedirá que o sol brilhe amanhã sobre os bons e os maus...

A sua tristeza não iluminará os caminhos...

O seu desânimo não edificará ninguém...

As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua própria felicidade...

As suas reclamações, ainda mesmo afetivas, jamais acrescentarão nos outros um só grama de simpatia por você...

Não estrague o seu dia.

Aprenda a sabedoria divina,

A desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre...

Para o infinito bem!


Chico Xavier


25 janeiro 2015

Cuca de Nata sem Nata

Bata duas claras em neve e reserve.

Coloque na batedeira:
1 xícara de chá de açúcar
2 gemas
2 colheres de sopa de margarina
Misturar até ficar homogêneo

Acrescentar 1 xícara de creme de leite e misturar. (Usei o de caixinha)
Acrescentar 3 xícaras de Mix Dolce Schar, sem socar a farinha na xícara. 
Mais 3 colheres de sopa de leite.

Acrescente as claras em neve e 1 colher de chá cheia de fermento em pó.

Não bater na batedeira depois que acrescentar as claras, só envolver com uma espátula. 
A massa fica mais firme do que a de bolo.

Untar uma forma com margarina.

Por cima da massa crua colocar a seguinte mistura:
1/2 xicara de farinha da Schar
1/2 xícara de acúcar
2 colheres de sopa de margarina
1 colher de sopa de canela em pó

Misture tudo até ficar homogêneo e despeje sobre a massa.
Leve para assar em forno 180° por volta de 40 minutos.













Fonte: Grupo Viva sem glúten via Alcione Almeida

23 janeiro 2015

Cogumelos Assados



Vapt Vupt e muito bom, cogumelos assados !!!

Pegue uma porção, lave bem em água corrente. Corte os cabinhos rente  e tempere com 
sal, limão, soyo e pra quem gosta, como no meu caso, pimenta calabresa em flocos

Coloque em uma assadeira forrada com papel alumino, regue azeite e forno. 
Não cubra os cogumelos. 

Deixe por aproximadamente 20 minutinhos e corre pro abraço !!!


Adaptação daqui !

02 dezembro 2014

Naked Cake


Naked Cake

Bolo Pelado...nessa versão, também fica lindo na mesa de Natal !!!


                                                                   Via M de |Mulher

E de novo... é quase Natal !!!


Chocotone recheado com Brigadeiro





Via M de Mulher

29 novembro 2014

Estrogonefe Perfeito

O chef Daniel Borges www.homemqueconquista.com ensina os passos para preparar o estrogonofe perfeito. No vídeo, o cozinheiro dá dicas de tempero e de como deixar a carne mais macia. Veja estas e outras receitas de estrogonofe no www.UOL Comidas e Bebidas


 

Minhas alterações: Catchup 5 ou 6 colheres e  meio copo dágua.
 A água dever ser adicionada antes do creme de leite.

09 novembro 2014

Bolo de Fubá Cremoso sem glúten

Que tal fazer este Bolo de Fubá sem glúten e sem leite ?

A parte do meio fica molinha, uma delícia!!!

Ingredientes:

1 1/2  xícaras de açúcar (usei o cristal, sugestão, usar o demerara )
1 xícara de fubá;
1/2 xícara de farinha de arroz;
3 ovos inteiros;
1 vidro de leite de coco pequeno;
1/2 xícara de água;
2 colheres de sopa de óleo.
1 colher de sopa de fermento em pó

Como fazer:

Deixar o forno aquecendo e enquanto isso, bater todos os ingredientes no liquidificador, exceto o fermento em pó, até ficar uma massa homogênea. Colocar o fermento e dar uma batida rápida, só para misturar. Untar uma forma de bolo com furo no meio (tamanho médio) e acomodar a massa pronta. Leve ao forno e asse de 30 a 40 minutos, até ficar dourado.

04 outubro 2014

Shimeji na manteiga à brasileira

Um dos pratos mais básicos da culinária japonesa, o Shimeji, como ingrediente principal. 




Ingredientes:
• 500 g de shimeji
• 2 colheres de sopa de manteiga
• 1 colher de chá de açúcar
• 3 colheres de sopa de molho shoyu


Como Preparar:
1. Lave bem o shimeji fresco, escorra bem e separe-os
2. Coloque em uma panela a manteiga para derreter
3. Jogue todo o shimeji na manteiga derretida e mexa bem
4. Acrescente o shoyu e continue mexendo levemente
5. Por último acrescente o açúcar
6. Cozinhe por 5 minutos e sirva


Fonte: Cogumelos Urakami

28 agosto 2014

Pudim de Leite

                                                         Pudim de Leite a minha moda...

Fiz assim outro dia e gostei do resultado:

1 lata de leite moça
1 1/2 lata de leite
4 ovos
1 colher de sobremesa de maisena


Modo de fazer:  Peneire os ovos já no copo do liquidificador, acrescentei o leite condensando e bati um pouquinho,reservei um pouco do leite e desmanchei a maizena , adicionei todo leite ao restante da mistura no liquidificar e bati apenas para agregar os ingredientes. Forma de pudim untada. Assei na boca do fogão em banho maria na forma própria para tanto por volta de 1h.  Desenformei depois de frio.